quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Arte em Cartões Telefônicos

           Olá pessoal! Antes de qualquer coisa devo dizer que sofro de uma enorme tendência a dizer a verdade, a não ser quando trato com cobras, e como em nossa relação, acredito eu, não existem motivos para rastejarmos ou picarmos, acho que posso falar sem medo; a verdade é a seguinte, fiz ontem uma mega hiper ação de marketing lançando aqui no blog, de uma só vez, cinco músicas do grande Renato Russo, mas isso foi ação planejada, maquiavelicamente, pois agora darei início A MAIS UMA SÉRIE DE CARTÕES!
       Esperem! Não corram e nem fechem a página. Acabaram-se os cartões postais (por enquanto talvez), agora trago cartões telefônicos. Lembram disso? Antes do seu alcatel ou do chinês de quatro chips que morou na terra de Larissa Riquelme chegarem e tomarem conta do pedaço, eles dominavam e eu vivia feliz de ver uma quantidade enorme de vendedores nas ruas (cobrando mais caro), enquanto os correios nunca dispunham de cartões, pelo menos os de vinte unidades. Agora, enquanto a Sopa e o próximo prefeito permitirem, vivo feliz de ver as calçadas tomadas por vendedores de DVDs. Sou tão Feliz!
       Para iniciar trouxe uma série de fotos antigas muito bem colocadas em cartões. Engraçado como as coisas antigas ganham um ar de Arte. No caso das fotos tem o charme do preto e branco, e parece que, com o passar dos tempos, elas vão adquirindo uma textura que ao olhá-las dá-nos a impressão de sentirmos até o seu cheiro. Alguns podem afirmar ser uma certa vocação saudosista, mas seja vocação saudosista ou seja lá o que for, que os filósofos ou os cientistas de Cambridge expliquem.

Rua Senador Vergueiro
Acervo Geral da Cidade do Rio de Janeiro

Rua Jarapatuba, hoje Calçadão da Rua João Pessoa
Acervo Pesquise

Quartel General do Exército - Início do século
Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro

Praça da República
Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro

Largo da Lapa - Início do século XX
Acervo da Cidade do Rio de Janeiro
Cidade de Penedo - Alagoas 1869
Acervo da Fundação Biblioteca Nacional

Araucária - Curitiba 1879
Acervo da Fundação Biblioteca Nacional
Obras do porto do Ceará: Desembarque do Conde D'eu no quebra mar em construção.
Fortaleza, Ceará, 22 de Junho de 1889.
Coleção Dona Teresa Cristina Maria - Acervo da fundação Biblioteca Nacional.

Antiga Praça do Palácio (atual Praça Fausto Cardoso) - Aracaju

3 comentários:

  1. Puxa, que bonitos. Retratam cenas de um tempo que se foi, mas existe a memoria para muitos.

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. E olha que eu tenho mais de mil, mas de uns tempos pra cá eles perderam a beleza.

    ResponderExcluir

Não publicarei mensagens anônimas ou ofensivas.

Siga-nos! Não Custa Nada!